Luís Rego Jr. vence na Terceira e assume liderança do campeonato dos Açores.

A notícia do cancelamento do Rali Lotus, a poucas horas do início da prova, foi o último dos fatores que condicionaram o desempenho de Luís Rego Jr. ao longo do Rali Além Mar Ilha Lilás, sobretudo porque, com apenas outra prova por disputar, era essencial garantir a presença no pódio final em Angra do Heroísmo. A luta com os adversários diretos e a “descoberta” do novo Skoda Fabia R5 EVO foram os outros desafios que a equipa precisou de gerir da melhor forma. 

Luís Rego Jr e Jorge Henriques tiveram no Rali Além Mar Ilha Lilás uma das provas mais complicadas de gerir de toda a temporada. A estreia do Fabia R5 EVO foi, obviamente, motivo de grande satisfação mas, ao mesmo tempo, obrigou a equipa a partir ao conhecimento de um carro totalmente diferente do anterior e em relação ao qual não há ainda uma base de conhecimento que facilite as afinações.

Depois de uma passagem tão espetacular quanto eficaz na Super Especial que o abriu o rali na noite de sexta feira e que deu a primeira liderança do rali aos homens do Team Além Mar, as afinações escolhidas para a primeira parte da manhã de sábado não se revelaram particularmente acertadas. Com a necessidade absoluta de não comprometer as contas do campeonato, Rego e Henriques optaram por controlar os andamentos conseguindo, apesar disso, manter-se a uma distância suficientemente curta para poder continuar a aspirar a ganhar a prova terceirense.

Em todos os parques de assistência do rali foram sendo introduzidas alterações ao setup do Fabia R5 EVO que foram melhorando o carro e dando maior confiança ao piloto. À tarde Rego e Henriques foram sempre os mais rápidos, voltaram ao comando da prova e ofereceram ao Team Além Mar a segunda vitória seguida em provas do campeonato dos Açores.

“Não foi fácil gerir as emoções, sabendo que queria lutar pela vitória e ao mesmo tempo que tinha obrigatoriamente que terminar”, afirmava o piloto campeão dos Açores em título no final do rali. “De manhã o carro não estava devidamente afinado para as condições que enfrentámos e optámos por imprimir uma toada bastante calma. Com a evolução positiva do carro face às alterações que fomos introduzindo, foi possível manter um andamento seguro e sem riscos mas ao mesmo tempo suficientemente rápido para nos permitir ser os mais rápidos em 6 dos 9 troços do rali e garantir a vitória final.”

Luís Rego Jr. dedicou a vitória no Lilás ao responsável técnico da ARC Sport, Augusto Ramiro, que, nas palavras do piloto, “mais uma vez mostrou o grande profissional que é”. O agradecimento é extensivo a toda a restante equipa técnica que esteve “perfeita” e a todos os amigos e familiares que mais uma vez fizeram questão de estar presentes. Mas a palavra final ficou para o público terceirense que, mais uma vez, esteve na estrada em força e com o entusiasmo de sempre no apoio aos pilotos. “É uma terra de gente que adora o nosso desporto e eu sinto-me feliz por poder participar desta grande festa que são os ralis terceirenses”, finalizou um agradecido Luís Rego Jr.

Comments

comments