Pedro Antunes com prova difícil!

Um dos protagonistas da primeira edição da Peugeot Rally Cup Ibérica, não teve sorte na última ronda do ano, o Rallye Casinos do Algarve, pontuável ainda para o Campeonato de Portugal de Ralis e European Rally Trophy.
Pedro Antunes chegou ao Rallye Casinos do Algarve como um dos principais favoritos a vencer a competição da Peugeot Portugal e Espanha, até porque foi o único durante toda a época a conseguir bisar nos triunfos, prova do elevado nível competitivo existente entre os pilotos do Peugeot 208 R2.

Consciente que os seus adversários iriam dar o tudo por tudo, o piloto navegado por Paulo Lopes entrou confiante na prova, mas logo na primeira e segunda especial do rali, um furo e uma jante partida acabaram por fazer o piloto da PT Racing perder bastante tempo e consequentemente retirar-se da prova durante a primeira etapa, ficando assim de fora a possibilidade de conquistar o título nos Peugeot!

Regressando na segunda etapa, o piloto voltou a provar ser um dos mais rápidos e eficazes rodando sempre no top 3, aproveitando para acumular kms com o Peugeot e subir ao pódio final!
Como refere o piloto com o apoio da Mototorres, Agriloja, AgriPower, Encosta da Vila, Hell, Porão Velho, Xize, Sanus e GD Auto – “o Rallye Casinos do Algarve não foi a prova que esperávamos, nem o ano que queríamos a nível de resultados mas foi importante pela boa evolução que conseguimos.
Agradeço à minha equipa PT Racing, aos nossos patrocinadores por mais uma época de excelentes experiências, ao Paulo Lopes que fez um excelente trabalho e claro ao meu Pai e à minha família por todo o apoio incondicional!”

Facebooktwittergoogle_plus

Comments

comments